Missas de domingo foram especiais em comemoração aos 76 anos do Santuário e teve partilha de bolo gigante

0

A missa das 7h deste domingo foi especial para os dizimistas. Todos os que contribuem com o Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foram abençoados.

O dízimo é revertido para a manutenção do Santuário e também para as obras sociais, conforme explicou o Pe. Dirson Gonçalves. “Cada dizimista é muito importante para nós”, lembrou.

No fim da missa, foram sorteados quatro quadros de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro para os presentes.

Desde 1941, quando foi inaugurado o Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, quase 30 mil pessoas receberam o sacramento do batismo no Santuário.

Na missa das 10h, deste domingo, todas essas pessoas receberam uma bênção do Pe. Dirson.

A missa das 16h foi em comemoração aos 76 anos da igreja. Considerada uma das mais belas de Mato Grosso do Sul, continua se destacando pela beleza, mas também pelos números expressivos. Às quartas-feiras, por exemplo, mais de 20 mil pessoas passam pelo Santuário. Neste dia, são realizadas 18 novenas.

A celebração marcou a comemoração do aniversário de 76 anos da igreja, que começou na segunda-feira (31).

Após a missa dos 76 anos da igreja, os fieis cantaram parabéns e partilharam um bolo gigante, no Centro de Apoio ao Devoto, do Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

O responsável pela produção do bolo foi o chef Nabor, da Fornello, Para fazer o bolo, foram usados 700 ovos, 40 litros de leite e 80 litros de chantilly.

A montagem do bolo começou cedo e centenas de fieis lotaram o Centro de Apoio para celebrar os 76 anos da igreja.

Às 18h teve missa pela Ação Social (AFIM).

A última missa da comemoração dos 76 aos da igreja foi dedicada a todos os devotos. Às 20h, o Pe. Dirson rezou por todos devotos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.