Papa Francisco: a beleza de Deus é eterna

0

Sexta-feira, 13 de novembro – na Missa em Santa Marta o Papa Francisco afirmou que só Deus é eterno e não as coisas da terra ou os hábitos humanos. Exortou os cristãos a não olharem para trás mas em frente.

A grande beleza é Deus – diz o Papa, citando o Salmo e afirmando que o ser humano dá atenção a coisas que um dia acabarão e liga-se às belezas terrenas.

A primeira leitura e o Salmo da liturgia do dia, narram a beleza da criação, mas sublinham os erros “daquela gente que não foi capaz de olhar para a transcendência”.

Estão ligados à idolatria; “estão tocados de admiração pela sua potência e energia” – afirmou o Papa Francisco que se refere ao culto dos seres humanos pelas belezas do mundo sem perceberem que tudo um dia acabará. Esquecem o “entardecer” da vida – disse o Santo Padre.

Ao mesmo tempo, há também a idolatria dos hábitos que tornam surdo o coração – disse o Papa referindo o Evangelho do dia no qual Jesus faz uma descrição dos homens e das mulheres de Sodoma e também aqueles do tempo de Noé: bebiam, comiam, tomavam mulher e marido, sem pensarem nos outros. “E também isto é uma idolatria” – sublinhou o Santo Padre – “estar ligado aos hábitos sem pensar que acabarão”.

Na conclusão da sua homilia o Papa Francisco exortou os cristãos a não serem gente que olha para trás e que quer “voltar para trás”, mas gente que olha em frente e que caminha “em frente” sem divinizar as belezas e hábitos que temos, mas contemplando a “Glória de Deus”.

(RS)