Papa Francisco expressa solidariedade aos franceses

0

Durante a oração do Angelus, neste domingo, 15 de novembro, o papa Francisco manifestou solidariedade ao presidente da França, François Hollande, e a todos os cidadãos, em particular às famílias dos que perderam a vida e aos feridos, durante os ataques ocorridos em Paris, na última sexta-feira.

Francisco reafirmou que “o caminho da violência e do ódio não resolve os problemas da humanidade”. Disse, ainda, que “usar o nome de Deus para justificar esse caminho é uma blasfêmia”.

O papa convidou todos a se unirem a sua oração, confiando as vítimas indefesas da tragédia à misericórdia de Deus, e pediu proteção a Nossa Senhora para a nação francesa, a Europa e o mundo inteiro.

Telegrama

Também por ocasião da tragédia em Paris, o papa Francisco havia enviado um telegrama, por meio do secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, ao arcebispo de Paris, cardeal André Vingt Trois.

No texto, o papa expressou solidariedade às famílias das vítimas e ao povo francês. Pediu “a Deus para que acolha as vítimas na paz da sua luz e proporcione conforto e esperança aos feridos e suas famílias”. Assegurou proximidade espiritual a todas as pessoas que participaram das operações de socorro.

Ao final, condenou “a violência que nada resolve” e concedeu a bênção apostólica às famílias que sofreram com os ataques e a todos os franceses.