Papa recorda crianças mortas na travessia do Mediterrâneo

0

No final da manhã desta quinta-feira, o Papa recebeu no Vaticano cerca de 60 crianças e jovens da Ação Católica Italiana para as felicitações de Natal.

A audiência teve início com o canto de “feliz aniversário” ao Pontífice, que completa neste dia 17 de dezembro 79 anos.

No seu discurso, Francisco elogiou o caminho de formação da Ação Católica, que este ano escolheu o lema “Viajando rumo a Ti”.

“É verdade: estamos todos em viagem rumo ao Senhor, mas muitas pessoas não pensam nisso! Que significa “viajar rumo ao Senhor”? Significa percorrer os caminhos do bem, e não do mal; o caminho do perdão, e não da vingança; o caminho da paz, e não da guerra; o caminho da solidariedade, não o do egoísmo.”

A seguir, o Pontífice falou da imigração ao citar um projeto da Ação Católica Italiana na Diocese de Agrigento, na Sicília. Ao reforçar a necessidade de acolhimento a quem chega “repleto de esperança, mas também de tantas feridas e necessidades, em busca de paz e pão”, o Papa citou um episódio ocorrido na última quarta-feira:

“Ontem, na Audiência, foi-me apresentada pelo pais uma criança negra, talvez de cinco meses. Disseram-me: ‘Nasceu no barco no canal da Sicília’. Muitas crianças conseguem chegar, outras não. E tudo o que fizeram por essa gente é bom. Obrigado por fazê-lo.”

O Papa concluiu seu discurso desejando a todos “um feliz e santo Natal” e, como de costume, pediu que rezassem por ele.

(BF)