Diferente do Hemisfério Sul, países do norte celebram a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos em janeiro

0

Os países do Hemisfério Norte celebram a partir desta segunda-feira, 18, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, com a conclusão marcada para o dia 25, festa da conversão de São Paulo. Essas datas foram propostas em 1908 por Paul Watson porque cobriam os dias entre as festas de São Pedro e São Paulo, tendo portanto um valor simbólico.

No dia 25, o Papa Francisco presidirá a uma celebração ecumênica na Basílica de São Paulo Fora dos Muros, a partir das 17h30 (horário italiano).

“Chamados a proclamar os altos feitos do Senhor (Cf. 1 Pedro 2,9)”, é o tema da Semana de Oração. O subsídio foi preparado por um grupo de representantes de diversas regiões da Letônia, por iniciativa do arcebispo católico de Riga  e está disponível no site do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos também em português.

De acordo com o texto, a consciência da identidade comum em Cristo convida os cristãos a trabalharem para levar uma resposta às questões que ainda os dividem. “Somos chamados, como os discípulos no caminho de Emaús, a partilhar nossas experiências e assim a descobrir que, na nossa comum peregrinação, Jesus Cristo está no meio de nós”, convida o texto do subsídio.

As principais divisões entre as Igrejas cristãs ocorreram no século V, depois dos Concílios de Éfeso e de Calcedónia (Igreja copta, do Egito, entre outras); no século XI com a cisão entre o Ocidente e o Oriente (Igrejas Ortodoxas); no século XVI, com a Reforma Protestante e, posteriormente, a separação da Igreja de Inglaterra (Anglicana).

No hemisfério sul,  as Igrejas costumam celebrar a Semana de Oração perto de Pentecostes, que é também uma data simbólica para a unidade da Igreja.

Por Canção Nova