Pensamento da Novena – 06-07-2016

0

Intenção Geral: “Pela cura das vulnerabilidades humanas”.

Hoje estamos na 5ª novena de nossa série, que tem como intenção geral “pela cura das vulnerabilidades humanas”. Já refletimos sobre a pressa, as frustrações e a solidão. Hoje estamos falando sobre a ansiedade.

Mas o que é isso? Você se considera uma pessoa ansiosa? Segundo nosso dicionário, ansiedade “é um grande mal-estar físico e psíquico, que gera aflição e agonia”. Segundo a ciência, ansiedade, que pode ser traduzida por ânsia ou nervosismo é uma característica biológica do ser humano, que antecede momentos de perigo real ou imaginário. Ou seja, você pode ficar ansioso por causa de algo que realmente existe ou por algo que a sua fantasia criou. As sensações corporais decorrentes disso são as mais desagradáveis possíveis: sensação de vazio no estômago, aceleração dos batimentos cardíacos, medo intenso, aperto no peito, transpiração excessiva. Você pode perder a fome ou comer demais, dependendo da situação. Tem pessoas que roem as unhas ou criam mecanismos como ficar mexendo incessantemente nos cabelos ou balançando os pés.

Todas as pessoas desenvolvem certo nível de ansiedade. Ela se torna um problema quando começa a atingir a saúde mental, espiritual e, até, física. É preciso estar atento para buscar ajuda profissional quando sentir que está perdendo o controle, quando você está ficando vulnerável, diante dessa enfermidade. A ajuda de um profissional sempre vai colaborar para que você perceba o nível de sua ansiedade e encare de frente as causas psicológicas deste transtorno.

Em termos religiosos, a área da ESPIRITUALIDADE pode ajudar muito a vida das pessoas ansiosas. Afinal, é através da espiritualidade, de uma vida de oração e meditação, que a pessoa consegue atingir o equilíbrio que a deixa menos ansiosa e mais confiante. Olhando para o ícone da Mãe do Perpétuo Socorro, ela nos tira todo nervosismo, toda tensão, todo estresse e toda ansiedade. Ela nos traz paz, serenidade, paciência, e todos os dons divinos. Peçamos hoje, que ela nos ajude a viver em paz a nossa vida e a encontrar a cura para nossas vulnerabilidades.

Rogai por nós, santa Mãe de Deus.