Cartas de Agradecimento 28-12-2016

0

Venho por meio desta carta, agradecer mais uma graça alcançada. Há dois anos vinha tentando engravidar e não conseguia. Já participava das novenas, pedia a Nossa Senhora para me abençoar e realizar meu sonho de ser mãe. Com o tempo, engravidei, mas com dois meses de gestação perdi o bebê num aborto. O médico disse que deveria esperar um tempo para uma nova gravidez. No entanto, no mês seguinte estava grávida novamente. Fui ao médico e este disse que meu útero ainda não estava preparado para outra gestação e poderia até sofrer novo aborto. Vim à igreja e pedi a minha Mãezinha que não deixasse perder o bebê. Se eu conseguisse chegar aos nove meses sem nenhum problema, eu entraria de joelhos no Santuário e também, assim que meu filho saísse da maternidade, antes de chegar em casa, iria trazê-lo ao Santuário e apresentá-lo à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Minha gestação foi tranquila, não tive nada. Hoje meu filho está com um ano e sete meses, lindo e perfeito. Desde bebê trago-o às novenas e ensino a ele que foi a Mãezinha do Céu que o deu à mamãe. Ele bate palmas e manda beijos a Nossa Senhora. Obrigada Mãe do Perpétuo Socorro por mais esta graça alcançada!

De uma devota eternamente agradecida!

Escrevo esta carta em agradecimento a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro pelas graças alcançadas por minha filha. Ela começou a jogar futebol na escola desde os oito anos de idade. Em sua adolescência jogou no Estado de Mato Grosso Patronato Santo Antônio. Em seguida foi para a Universidade Católica Dom Bosco e continuou sua trajetória de jogadora de futebol; formou-se em Fisioterapia. Como jogadora foi convidada para morar e jogar na cidade de Foz do Iguaçú. Lá foi convocada para a seleção brasileira, onde teria que passar por seis convocações para ser aprovada. Naquela ocasião iniciei minha novena. Ela foi bem sucedida nas convocações para a seleção brasileira e, ainda foi convocada para as Olimpíadas. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro ouviu minhas preces. Agradecemos muito!

De uma devora eternamente agradecida!

 

Venho através desta carta, agradecer uma graça. Minha mãe fez alguns exames de rotina. Por prevenção, foi solicitado pelo médico uma mamografia. Nesse exame foi detectado um pequeno nódulo na mama direita. Depois de outros procedimentos, pelas características apresentadas e também pelo histórico da família já ter tido este tipo de câncer, foi consultado outro médico. Este disse que haveria grande chance de ser um tumor maligno. Apesar da situação, minha mãe tentava o tempo todo manter-se forte para não deixar-nos, minhas irmãs e eu, desesperadas. Quando eu era criança precisei fazer algumas cirurgias e minha mãe fez promessas para Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Aqui estou, com 21 anos curada graças a Maria. Decidi então fazer uma novena e pedi muito para que Nossa Mãezinha protegesse minha mãe e que se realmente tivesse um nódulo maligno que a curasse. Eu sentia que, conforme o tempo passava, Ela não iria nos deixar na mão, pois sempre tive muita fé. Por fim, foi realizada a biópsia e previsto que, o resultado sairia dentro de 10 dias. No entanto, graças a Deus todo poderoso, por intermédio de Nossa Mãezinha, o resultado saiu logo em seguida ao término do procedimento. O nódulo era benigno.

De uma devora eternamente agradecida

Por meio desta carta, venho agradecer mais uma graça recebida. Comecei o processo para fazer a Carteira de Habilitação. No entanto, não consegui terminar, pois não tinha mais condições financeiras. As aulas estavam muito caras, os valores estavam além das minhas possibilidades de pagamento. Assim, desisti e o processo venceu. Houve um sorteio de uma Carteira de Habilitação, através de um programa de uma emissora de rádio. Naquele momento pedi a Mãe do Perpétuo Socorro que intercedesse por mim, para que eu fosse sorteada e Ela me atendeu. Fui sorteada e na ocasião comecei a participar das novenas no Santuário, com muita fé, para que eu conseguisse alcançar a graça de ser aprovada em todos os exames. Consegui aprovação, hoje estou habilitada e muito feliz. Atribuo esta graça à intercessão da Mãe do Perpetuo Socorro!

De uma devora eternamente agradecida!