Hoje estamos na sexta semana desta série de novenas pedindo a Nossa Senhora a graça de um feliz ano novo. No Evangelho que acabamos de ouvir, tem uma cena linda. Jesus entrou na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca. Jesus disse ao homem da mão seca: “Levanta-te e fica aqui no meio! Estende a mão”. Ele a estendeu e a mão ficou curada. O que aquele homem estava fazendo dentro da sinagoga? A atrofia na mão dele  talvez tenha se agravado com o decorrer dos tempos; talvez ele tenha nascido assim. O fato é que ele assistia as pessoas passarem, saudáveis, mas ele tinha aquela mão atrofiada. Uma mão atrofiada não encontra força para segurar um objeto, operar um equipamento, trabalhar, abençoar, abraçar, ajudar. A vida segue, mas de forma mais lenta. Jesus vendo aquilo, sente compaixão e faz de tudo para ver aquele homem curado, liberto das imperfeições. Quantos de nós temos mãos e braços perfeitos, mas somos atrofiados no coração, e por isso nossas mãos, mesmo sendo perfeitas, não produzem nada para o bem no mundo. Tem muita gente com suas habilidades atrofiadas, seus talentos enterrados e sem esperança alguma. Mãos paralisadas pela decepção, pelo medo, pela mágoa, pela falta de perdão, pela insegurança. Aquele homem estava excluído, à margem. Jesus o chamou para o meio.

Desejo que, hoje, nesta Novena, Deus devolva suas habilidades, seus dons, seu desejo de servir, sua coragem de viver! Não fique mais à margem, apenas assistindo as coisas. Levante-se, venha para o meio, estenda a sua mão, pois ela ficará curada e você será uma nova criatura. Rogai por nós, Santa Mãe de Deus…