Pensamento da Novena 15-03-2017

0


Intenção Geral: “Aprender com Nossa Senhora a arte de conviver. ”

 

PENSAMENTO

Hoje estamos na quinta semana desta série de novenas rezando para aprender com Nossa Senhora a arte de conviver. Durante estas quartas-feiras nós estamos percebendo o quanto é complicado conviver com as pessoas. Somos seres muito diferentes e em geral gostamos de ressaltar mais as diferenças do que as semelhanças. E quando ressaltamos as diferenças as distâncias aumentam, os conflitos afloram e a convivência se complica.

Outra barreira para a boa convivência é a insensibilidade ou o egoísmo. Nós acabamos de ouvir o Evangelho, onde Jesus estava explicando aos discípulos tudo que ia acontecer com Ele: “Estamos subindo para Jerusalém, e eu serei entregue aos sumos sacerdotes e aos mestres da Lei. Eles me condenarão à morte, e me entregarão para zombarem de mim, para me crucificarem.” Numa convivência entre amigos, alguém do grupo partilhar essa angustia, essa tristeza, deveria sensibilizar a todos, provocar certa comoção.

Mas não é isso que aconteceu. A mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e pediu: “Deixa que estes meus dois filhos se sentem, um à tua direita e outro à tua esquerda”. Ou seja, essa mulher estava tão desconectada da realidade que foi de uma insensibilidade incrível. Na relação que existia entre eles, ela estava preocupada apenas com ela mesma e com seus interesses.

Muitas vezes a gente se relaciona com pessoas assim também. Que estão apenas preocupadas consigo mesmas. Isso desgasta a relação e a convivência. Não há preocupação, cuidado, dedicação para o outro. Pense um pouco sobre as suas relações, sobre as suas convivências. Existe uma preocupação com o outro? Rogai por nós santa Mãe de Deus…