Cartas de Agradecimento 26-04-2017

0

Sou natural de Teófilo Otoni-MG, cresci com meus pais e meus irmãos até 8 anos de idade, pois com o falecimento de minha mãe, meu pai acabou me entregando para outra família. E assim se foram anos, morei em várias cidades no Brasil, perdendo totalmente o contato com meus familiares de sangue. Lembro-me que éramos 5 irmãos, 3 meninos e 2 meninas. Enfim acabei morando com uma família, onde a senhora responsável pela casa, tinha uma filha e netos.

Conheci meu marido na escola e logo começamos a namorar e em seguida casamos e assim formei minha família aqui em Campo Grande. Nunca me esqueci de meus irmãos, da minha família de Minas Gerais e nunca perdi a esperança de encontrá-los, mesmo tendo passado mais de 40 anos.

Enfim o dia chegou. Aos pés de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, numa quarta-feira durante a novena, eu e meu marido fomos surpreendidos por uma moça que reconheceu meu marido. Essa menina era uma das netas da senhora que me criou. Perguntei se ela tinha notícias dos meus familiares e para minha alegria, tinha o telefone de um tio meu. Conversei com ele informou o paradeiro da minha irmã, que continuava a morar em Teófilo Otoni. Conversamos por telefone. Foi grande a emoção!

No ano passado consegui visitá-la. Que alegria! Só tenho a agradecer a Mãezinha do Perpétuo Socorro.

Uma devota eternamente agradecida.

Venho por meio desta carta, agradecer a Mãezinha do Perpétuo Socorro por todas as graças alcançadas.

No ano de 2016, diante de diversos problemas familiares relacionados à saúde, brigas, câncer e falecimentos de muitos familiares, incluindo minha mãe acometida com câncer, recorri a Mãezinha do Perpétuo Socorro para pedir ajuda e intercessão junto a Deus.

Como esperado, aos poucos fomos sentindo a presença e conforto que Nossa Senhora nos transmitiu; conseguimos entender que Deus tem um propósito na vida de cada um de nós e que Ele está de braços abertos para nos receber. Foi tão forte a presença de Nossa Senhora em nossas vidas, que temos a certeza que Ela intercedeu por nós junto a Deus naqueles momentos de dor, e enviou diversos anjos para nos consolar, assim esteve presente em pessoa para nos consolar na perda de um jovem querido da família, que veio a falecer por uma doença desconhecida.

Obrigada Mãezinha do Perpétuo Socorro por toda proteção, por nunca nos ter desamparado nos momentos de dor e caminhar todos os dias conosco.

De uma devota eternamente agradecida.

Tenho certeza que foi a nossa Mãezinha que abriu as portas do emprego para minha filha e meu genro.

Nas novenas de quarta-feira, no Santuário de Nossa Mãezinha do Perpétuo Socorro, pedia que abrisse as portas para eles. Depois de várias novenas, meu genro arrumou um emprego em uma rede de farmácias, e minha filha formada em arquitetura, continuava a distribuir currículos para onde falavam que estavam precisando.

Meses passando, e eu continuava pedindo para Nossa Mãezinha para abrir as portas de emprego para ela. Várias novenas, até que ao sair de uma delas, recebi uma ligação de minha filha, dizendo que iria começar a trabalhar com uma engenheira. Tenho certeza que Nosso Senhor Jesus Cristo e nossa Mãezinha intercederam por ela para que conseguisse esse emprego.

 

De um devoto eternamente agradecido.

Venho por meio desta carta, agradecer por uma graça recebida de Jesus através da intercessão de nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Trabalho em um a instituição financeira há dez anos. A pouco tempo fui promovido a caixa. Num dia de fevereiro meu caixa deu uma grande diferença e neste caso eu teria que pagar, não tinha de onde arrumar essa quantia. Fiquei desesperado, verifiquei os documentos e não conseguia identificar o erro. Pedi a Nossa Senhora intercedesse por mim. Durante o momento em que eu procurava na fita de caixa na qual foram feitas várias anotações, por mim e por minha supervisora que estava me ajudando.

No dia seguinte continuei a procurar e não conseguia encontrar o erro. No final do expediente, quando já chegava o momento de regularizar o caixa, parei e rezei com muita fé, a oração “Salve Rainha”. Foi-me ensinado que todas as vezes que perdesse algo e não encontrasse, que rezasse essa oração. E, assim fiz. Para minha surpresa, novamente olhei para minha fita de caixa e ficou tão claro o erro que eu tinha cometido e não encontrava.

Naquele dia havia feito um pagamento de valor muito alto, e o cliente tinha pedido, que o que sobrasse, fosse depositado em sua conta. Porém, sem intenção depositei a mais. O cliente compreendeu e devolveu o valor depositado que havia excedido.

 

De um devoto eternamente agradecido.