Lançamento “Palavras de Luz – Natureza”: Coletânea reúne 40 poemas de autores de sete estados

0

O Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, por meio da AFIM (Associação Redentorista Filhos de Maria), realizou nesta terça-feira, 21 de novembro, o lançamento do livro “Palavras de Luz – Natureza”. A obra é resultado de um concurso literário nacional e reúne os 40 melhores poemas. O livro será comercializado na Lojinha de Artigos Religiosos a R$25.

Na abertura da solenidade apresentações culturais da cantora Syrlene Maria e do Grupo de Declamação Querubins, composto por crianças e adolescentes de 5 a 15 anos, com aulas semanais na Comunidade Santo Agostinho. Participaram do evento os três membros da banca julgadora e  representantes da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras , UBE/MS – União Brasileira de Escritores de Mato Grosso do Sul e Instituto Histórico e Geográfico de MS, que receberam um kit da coletânea cada um.

O projeto implantado em 2011 passou a ter nível nacional a partir de 2015. Neste edição, a coletânea conta com poemas de autores de sete estados diferentes. Na solenidade realizada nesta terça-feira foi realizada a premiação dos autores dos poemas classificados. Todos receberam os kits com os livros e certificado. Os cinco primeiros ainda receberam troféus e prêmio em dinheiro, de R$300 a R$1 mil.

Vander Paes ficou com a primeira colocação no concurso com o poema “Teimosa Goteira”. Essa é a quarta edição que participa. Nos anos anteriores teve o trabalho classificado, mas é a primeira vez que fica entre os cinco primeiros colocados.

“Escrevo como hobby.Fico muito feliz com projetos como esse que nos incentivam a escrever e divulgam nossos trabalhos que muitas vezes ficam arquivados e no anonimato. A classificação não importa tanto. Mostrar o nosso trabalho é o mais importante. Esse poema que escrevi poderá virar música, estamos fazendo uma melodia para ele”, conta o vencedor do concurso.

Edson Amorin de Souza participa do projeto desde o início em 2011, ganhou a edição de 2014 e já ficou com a segunda e terceira colocações nesse projeto. “Gosto muito de escrever. Faço poemas desde pequeno. Esse concurso é um incentivo para nós que gostamos de escrever”, declara.

O arcebispo Dom Dimas de Lara Barbosa, que escrever o prefácio do livro, destacou o tema que “vem de encontro com o que vem sendo trabalhado pela igreja sobre a natureza como a casa comum de todos”.

As organizadoras, devotas, escritoras e professoras Iolete Moreira e Ileides Muller parabenizaram todos os participantes: “Queremos parabenizar os autores por saberem descrever tão bem a natureza em seus versos. Agradecemos muito a todos que participaram desse projeto”.

Ao fim da solenidade, o reitor do Santuário e idealizador do projeto, Pe. Dirson Gonçalves apresentou uma novidade sobre a edição 2018, que será realizada desta vez no primeiro semestre do ano. “O projeto de 2018 já está sendo rascunhado e teremos mais novidades.Temos a certeza de que será um grande sucesso e vamos continuar escrevendo os poemas da vida, pois a  poesia também é uma forma de oração”, ressalta Pe. Dirson.