Angélica recebe Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

0

Angélica recebeu, no fim de fevereiro, o ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. O município foi o primeiro a receber o ícone desde que Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi escolhida como a Padroeira de Mato Grosso do Sul.

O ícone foi recebido com uma carreata, que reuniu mais de 100 veículos e foi da entrada do município até a Igreja Matriz (São Pedro Apóstolo). “A igreja estava lotada. Foi uma recepção, com toda certeza, surpreendente e muito bonita”, afirma o reitor do Santuário Estadual Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padre Dirson Gonçalves.

Depois da carreata, foi celebrada uma missa. Aos devotos, padre Dirson falou sobre o significado do ícone, a devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro no mundo e sobre o Santuário Estadual, em Campo Grande. “Convidamos todos para que quando vierem a Campo Grande tirem um tempo para conhecer o Santuário. É um local de paz, de fé, de devoção”, explica o padre.

Devotos de Campo Grande também participaram da celebração em Angélica. Uma van saiu do Santuário com destino ao município da região norte do Estado, que fica 266 quilômetros da Capital.

Com a instituição de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro como Padroeira de MS, a intenção do Santuário Estadual é levar o ícone para percorrer todo o Estado. Angélica foi o primeiro município a receber a visita, mas, nos próximos meses, outros municípios também devem ser percorridos.

“A devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro já era forte em outros municípios do Estado também e o carinho à Mãe é enorme, o que nos deixa muito felizes. Queremos levar o ícone para mais municípios, incentivar novas novenas e auxiliar os devotos”, garante padre Dirson.

PADROEIRA

No dia 27 de dezembro de 2017, o governador Reinaldo Azambuja, durante uma das novenas, sancionou a Lei aprovada pela Assembleia Legislativa de MS para instituir “Nossa Senhora do Perpétuo Socorro” a padroeira do Estado. A Lei incluiu, no Calendário Oficial de Eventos do Estado, o dia 27 de junho, Dia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, como a data festiva de honras para a Padroeira.

A devoção por Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Mato Grosso do Sul é reconhecida por todos e começou há muitos anos. Mas foi se espalhando cada vez mais no ainda Mato Grosso Uno, em 1930, quando foram trazidos dos Estados Unidos três ícones da Mãe. Os ícones pertenciam aos redentoristas norte-americanos e estão hoje em Campo Grande, Aquidauana e Curitiba.

Em Campo Grande, é o ícone central do Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro que está por aqui desde 1941 quando foi construída a igreja. A história do Santuário e da devoção caminham com o desenvolvimento do Estado.

O Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Campo Grande, é o que mais realiza novenas no mundo inteiro: 18 por quarta-feira. As novenas atraem cerca de 25 mil pessoas.