Pensamento da Novena 21-03-2018

0

Intenção Geral:  “Pela cura da depressão e das doenças da alma””

Estamos na quarta semana desta série de novenas, que tem por intenção geral rezar “pela cura da depressão e dos males da alma”. Hoje queremos falar sobre a depressão.A primeira questão que devemos colocar é: sim, a depressão é uma doença neurológica. Por que falamos isso? Há de certa forma uma tendência em relativizar essa doença, e também o sofrimento da pessoa. Por vezes estereotipamos a depressão, quando olhamos uma pessoa que diz ter essa doença, queremos ver certas feições, como olhos fundos, face triste, melancolia no olhar. Infelizmente depressão não se manifesta dessa maneira. Cada um a sente de uma forma particular.

Os sintomas dessa doença são comportamentais e psicológicas. O depressivo sente dentro de si apenas o Vazio. Nada do que ele faz lhe traz alegria ou prazer. Não há por que ter planos para o futuro, não há prazer em ter sonhos. Não se consegue achar valor em si mesmo, nem na vida em que ele vive. O depressivo vive entre um passado distante e um futuro branco.

Por essa razão, que pessoas que sentem depressão, não conseguem por muitas vezes, nem sair da cama, nem trabalhar, nem estar com a família; a doença as incapacita de viver, lhes rouba energia. E sim, por não conseguir seguir em frente, os deprimidos sentem vergonha e culpa, principalmente diante dos entes queridos.

A depressão leva a pessoa até os limites, até um ponto onde já não há sentido em continuar vivendo. Gerando pensamentos autodestrutivos e até mesmo suicidas. E Não precisa ser assim. A Depressão tem cura! Mas não se pode contar apenas com a força de vontade. Ela exige tratamento, cuidados médicos, medicamentos corretos, ajuda psicológica e muito apoio e amor da família e amigos.

O outro tem um papel muito importante dentro da depressão. Principalmente quando esse outro nos ama e é amado. Por que a maior ajuda que se pode fazer a pessoa depressiva é ouvi-la. Ouvir a pessoa de verdade. Não ficar colocando soluções para todos os problemas. O depressivo só precisa de um ouvido, de alguém que o ouça e o ame. É esse o papel da Família e dos amigos.

Que Maria Santíssima, ajude a todos os que são afligidos pela depressão a encontrar dentro de si a alegria e o sentido de viver; e que nós sejamos e fato sinal vivo do amor de Deus, que proteja, cura e ouve.

Rogai por nós, ó Santa Mãe de Deus.