Missa em sufrágio da alma do Pe. Thiago Palmeira Machado

0

Foi celebrada nessa segunda-feira, 11, a santa missa em sufrágio da alma do Pe. Thiago Palmeira Machado.

O sacerdote fazia parte da comunidade redentorista do Santuário e estava como animador vocacional em Mato Grosso do Sul. Pe Thiago faleceu na última terça-feira, 5, vítima de uma parada cardíaca, enquanto estava hospitalizado em Campo Grande (MS).

Pe. Thiago Palmeira Machado

Nascido em Taboão da Serra, na Diocese de Campo Limpo, foi batizado na Igreja Nossa Senhora de Lourdes, residiu grande parte sua vida com sua mãe e irmãs em Ponta Porã, na paróquia redentorista São José, aos 14 anos iniciou a formação para se tornar religioso e presbítero segundo o carisma redentorista. Comungou pela primeira vez pelas mãos do missionário redentorista Padre Primo Hipólito em Ponta Grossa, recebeu o sacramento da Confirmação por Dom Sérgio Arthur Braschi, Bispo de Ponta Grossa e os primeiros votos na Congregação do Santíssimo Redentor foram emitidos em 2011. Graduou-se em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Curitiba e em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica de Londrina, com extensão na Pontifícia Universidade Católica Argentina, onde teve como professor Dom Jorge Mario Cardeal Bergoglio, que durante o semestre acadêmico foi eleito Sumo Pontífice da Igreja. Sucessivamente em 2014 professou para sempre os votos religiosos como filho de Santo Afonso Maria de Ligório, foi ordenado diácono pela imposição das mãos do Arcebispo Metropolitano de Londrina, Dom Orlando Brandes, e ordenado presbítero por Dom Eduardo Pinheiro da Silva, então Bispo Auxiliar de Campo Grande. Enviado para a Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Aquidauana, primeiramente foi Promotor Vocacional da Província Redentorista no Mato Grosso do Sul e posteriormente assumiu o ofício de Administrador Paroquial. Como fiel colaborador de seu Bispo diocesano, Dom João Gilberto de Moura, exerceu como insigne pastor, inspirado no Bom Pastor e no seu pai e fundador Santo Afonso, foi o próprio Cristo na imensa paróquia aquidauanense no exercício do ministério sacerdotal, sempre confiando no patrocínio da Rainha e Padroeira dos missionários redentoristas, Nossa Senhora da Conceição. Por quinze dias foi colaborar deste Santuário e novamente Promotor Vocacional da Província Redentorista, com muitos projetos para este templo que é o coração religioso do Mato Grosso do Sul. Rendamos graças aos inúmeros benefícios que a Igreja de Cristo e o povo Deus receberam pelo dom de sua vocação, e unamo-nos em oração para que o Santíssimo Redentor conceda a ele a copiosa redenção.