Cartas de Agradecimento 30-03-2016

0

Venho por meio desta carta, agradecer a intercessão de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro por uma graça recebida. Há três anos cheguei em desespero neste Santuário, apresentando o meu filho de 25 anos à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Meu filho estava perdido, ele mesmo dizia. Cursando a faculdade de engenharia, ele não se sentia mais motivado, sentia-se deprimido e sem ânimo. Assim foram dias, meses. Por conta disso, as brigas em casa se tornaram constantes e eu não via saída. Nosso filho nos culpava pela sua situação e não sabia mais o que queria. Procuramos médicos, psicólogos, um tratamento adequado, mas não encontrávamos resposta para aquela situação. Mas, continuei vindo aqui e não desistia sabia que com fé seriamos abençoados em algum momento. Pedi a Nossa Senhora força, fé, esperança e serenidade para enfrentar aqueles momentos difíceis, mas não desisti das novenas e de Nossa Senhora que me olhava silenciosamente todas às quartas-feiras. O tempo passou e se aproximava o fim do ano e a formatura. Mas quando chegou Dezembro meu filho não conseguiu passar em uma única matéria. Mais uma vez busquei força e agradeci por faltar apenas uma. Foi mais um ano de espera e sofrimento. Quando enfim chegou a prova final e ele finalmente passou, graças a minha mãezinha que não me abandonou. Consegui e com fé venho, enfim agradecer.

De uma devota eternamente agradecida. 

 

Venho aqui através destas poucas linhas deixar o meu agradecimento a minha mãe do Perpétuo Socorro, pelas muitas graças recebidas.

Meu pai durante uma semana foi aos poucos perdendo o sentido, até que um dia amanheceu sem mais levantar da cama. Assustados, corremos para o médico, onde num primeiro momento foi diagnosticado como um derrame. Exames mais detalhados constataram uma lesão no cérebro, indicando ainda um coágulo, que poderia ter se formado devido a um tombo ou batida forte na cabeça. Foi então que o médico nos disse que seria preciso uma operação urgente.

Mas, não tínhamos nenhum plano de saúde e sabia que a fila pelo SUS era grande, ainda mais na área neurológica.  O médico que o atendeu era amigo da família, no entanto, não podia ajudar mais, a não ser internando meu pai na Santa Casa. Mesmo assim, ele nos pediu um momento e entrou no hospital, dizendo que veria o que poderia ser feito. Fechei meus olhos e disse, “minha mãe por favor faça alguma coisa, deixo em suas mãos”!

Não acreditei, quando em menos de dez minutos, o médico voltou e pediu para levá-lo para fazer a ficha dele. Em três dias, meu pai já estava em casa com seus 84 anos de vida. Em uma semana, ele voltou às suas atividades e já estava tirando leite, andando à cavalo e cuidando de sua chácara sozinho, como sempre fez! Obrigada por sua intercessão Nossa Senhora do Perpétuo Socorro!

De uma devota eternamente agradecida

 

Venho por meio desta agradecer uma graça recebida por intermédio de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Há muito tempo frequento as novenas às quartas-feiras, o que sempre me trouxe uma grande paz interior. Nossa Senhora tem sido o socorro nos abalos em minha vida.

Todavia, há um ano, recebemos uma impactante notícia: nossa filha seria submetida a uma cirurgia para retirar uma massa no fígado, o que, após as devidas análises, constatou-se ser um câncer. Ficamos sem rumo! Ainda em recuperação dessa primeira cirurgia, ela teve uma hemorragia e foi novamente operada às pressas, com sua vida correndo grande risco. Sendo que ela precisou voltar para o centro cirúrgico em mais três oportunidades.

Desde o início o que me confortou foi a fé, a certeza de que para vencer tamanha provação, Jesus e Maria Santíssima conduziram a minha filha e nós, familiares e amigos! Recorri, a nossa mãe do Perpétuo Socorro e coloquei-lhe nas mãos a vida de minha filha e os procedimentos dos médicos. Muitas vezes, a angústia tentava me abater, mas a fé me levantava e, sob a proteção da de nossa mãe me mantinha firme e cheia de esperança, para viver plenamente cada dia conforme a vontade de Deus.

Nas bodas de Canã, Maria nos ensina “Fazei o que ele (Jesus) vos disser”, então me aprofundei no conhecimento das mensagens de Seu filho e tenho procurado levar para minha vida, seus ensinamentos, com os quais aprendi a ter resignação e lembrar sempre das palavras de Jesus: “Neste mundo vocês terão aflições, mas tenham coragem, eu venci o mundo.”(João 16,33). Esse pensamento também me deu a oportunidade de fortalecer ainda mais a minha fé. E assim se passou um ano. Após todo o tratamento, os novos exames comprovam que não há mais vestígios da doença. Que imensa graça nos foi concedida! Em casos como este, sabemos que ainda há uma longa caminhada de expectativas, mas com a proteção de nossa Mãe do Perpétuo Socorro, seguiremos em frente alicerçados pela fé. À Maria Santíssima rendo graças por ouvir nossas súplicas e nos socorrer.

De uma devota eternamente agradecida.

 

Venho por meio desta carta, agradecer a intercessão de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro por uma graça recebida. Faz uns cinco anos, eu tive um infarto, precisando colocar dois stents, mas me recuperei.

Um tempo depois, minha mulher estava na missa de sétimo dia do seu primo, aqui mesmo no Santuário, quando se sentiu mal. Me telefonaram  e rapidamente eu a levei para o hospital, onde foi constatado que ela teve um AVC e precisou passar por cirurgia, ficando seis dias no CTI.

Atualmente, ela está em casa e por recomendações médicas precisaria fazer sessões de fisioterapia, para reduzir as sequelas. Todavia, por questões financeiras ficamos sem plano de saúde e tivemos que interromper as sessões. Dias depois, fui surpreendido com uma ligação da fisioterapia informando que um paciente pagou 10 sessões, mas só havia feito três destas, pedindo que fossem repassadas as restantes para quem estivesse precisando.

Fui à clínica e pedi o número de seu telefone para agradecê-lo. Falei com o mesmo, e uma benção maior aconteceu, mesmo sem me conhecer, só por eu ter agradecido, ele me deu de presente mais 20 sessões. Tenho certeza, que foi nossa mãezinha que intercedeu novamente por nós e estou eternamente grato por mais essa graça alcançada!

 

De um devoto, eternamente agradecido!