Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - MS

Notícias, Santuário › 26/03/2020

Igreja concede Indulgência Plenária nesse período de pandemia

A Penitenciaria Apostólica, organismo da Santa Sé, publicou um Decreto que concede a Indulgência Plenária, que é a remissão das sequelas do pecado. O fiel, ao seguir os passos para a Indulgência Plenária, estará livre das manchas originadas pelo pecado em reconciliação com Cristo.

📌Conforme o Decreto, a Indulgência Plenária é concedida:
a) Aos fiéis infectados pelo Coronavírus e que se encontram em quarentena nos hospitais ou em suas próprias casas;
b) Aos profissionais de saúde, aos familiares e todos os que, mesmo expondo-se ao risco de contágio, cuidam dos doentes.

✔O que se pede é que, com o coração desapegado de qualquer pecado, se unam espiritualmente pelos meios de comunicação à celebração da Santa Missa, à oração do Santo Rosário, à prática piedosa da Via Sacra ou a outras formas de devoção, ou ao menos que recitem o Credo, o Pai Nosso e uma piedosa invocação da Virgem Maria, oferecendo suas orações em espírito de fé e de caridade, com o desejo de realizar a confissão sacramental, a comunhão eucarística e as orações nas intenções do Santo Padre, tão logo seja possível.

🙏🏻Os fiéis que não estão infectados e cuidando de doentes também podem receber a Indulgência Plenária. Basta oferecer uma visita ao Santíssimo Sacramento, ou a leitura das Sagradas Escrituras por pelo menos meia hora, ou a récita do Santo Rosário ou do Terço da Divina Misericórdia, ou o exercício piedoso da Via Sacra para implorar a Deus Todo-Poderoso pelo fim da pandemia, o alívio dos aflitos e a salvação eterna de quantos o Senhor chamar a si mesmo.

➕E quanto aos agonizantes, que não podem receber o sacramento da Unção dos Enfermos ou o Viático, mas que estão devidamente dispostos e durante sua vida procuraram agir segundo sua consciência, orando de alguma forma ao nosso Bom Deus?

A Igreja confia cada um à Divina Misericórdia, na Comunhão dos Santos, concedendo também a eles a Indulgência plenária no momento da morte. Na medida do possível, os familiares ou amigos presentes podem orar pelo agonizante fazendo uso de um crucifixo ou de outro objeto de piedade.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Av. Afonso Pena, 377 - 79005-000 - Campo Grande - MS

contato@perpetuosocorroms.com.br

(67) 3384.2818 – (67) 3384.9969

AFIM

Av. Afonso Pena, 488 - Amambaí - Campo Grande - MS

assistenciasocial@afimcg.org.br

(67) 3211.6072 | 3211.6020 | 3211.6005

Facebook

X