Nossa Senhora do Perpétuo Socorro – A Padroeira de Mato Grosso do Sul

0

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi instituída a padroeira de Mato Grosso do Sul  por meio de Lei Estadual. O Projeto de Lei foi aprovado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul no dia 20 de dezembro de 2017. Sete dias depois, o Governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, sancionou a Lei durante a novena das 9h, do dia 27 de dezembro de 2017.

A Lei incluiu no Calendário Oficial de Eventos do Estado, o dia 27 de junho, Dia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, como a data festiva de honras para a Padroeira. Conforme a Lei, não é feriado na data.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro se tornou Padroeira de MS, devido à grande devoção pela Mãe que se espalhou pelo Estado. A Paróquia foi fundada em 1939, pelo então Bispo de Corumbá, Dom Vicente Priante, ficando sob os cuidados da Congregação do Santíssimo Redentor dos Missionários Redentoristas.

Nesses 80 anos de história, bênçãos e milagres foram sendo anunciados, pelas cartas que os devotos da Mãe escrevem, contando com alegria e entusiasmo a graça alcançada.

Motivado pelas tradicionais novenas, no dia 10 de janeiro de 1999, o então Arcebispo de Campo Grande, Dom Vitorio Pavanello, publicou o decreto de elevação da Igreja à Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que após a Lei da Padroeira passou a ser Santuário Estadual, este grande centro de peregrinação.

Atualmente, o Santuário Estadual é o que mais realiza novenas em todo o mundo, com 18 novenas, de hora em hora, a partir das 6h até às 23h. Cerca de 30 mil pessoas passam pelo Santuário todas as quartas-feiras.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro também é padroeira de cinco cidades de MS: Antônio João, Bodoquena, Caracol, Itaquiraí e Sete Quedas.