Pastorais Sociais estudam Doutrina Social e DGAE em Erexim

0
A Cáritas diocesana de Erexim (RS) promoveu na terça-feira, 4, encontro de formação sobre a Doutrina Social da Igreja e metodologia pastoral. Cerca de 80 pessoas de diversas paróquias e pastorais sociais participaram do evento. Na ocasião, houve orientações a partir das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE 2015-2019), o Documento 102 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Com assessoria do padre Antonio Valentini Neto, do Centro Diocesano de Pastoral, houve a reflexão sobre a Doutrina Social da Igreja. O palestrante apresentou a natureza, os princípios e o histórico dos ensinamentos eclesiais sobre o tema, relacionando a fé às questões sociais.

Durante a exposição, foi partilhada uma síntese do discurso do papa Francisco no  II Encontro Mundial dos Movimentos Populares, realizado no dia 9 de julho, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Em suas palavras, o bispo de Roma alegrou-se pelo envolvimento “permanente e comprometido” de pessoas da Igreja com os movimentos populares. Na oportunidade, Francisco também denunciou a ambição desenfreada pelo dinheiro, as novas formas de colonialismo e as agressões ao meio ambiente.

Diretrizes

Em outro momento da formação houve exposição dos aspectos da metodologia pastoral. O Documento 102 da CNBB foi utilizado para orientação dos passos de operacionalização na construção dos planos pastorais de comunidades e paróquias da diocese. Este momento da formação foi conduzido pelo assessor da Pastoral Carcerária de Erexim, padre Elli Benincá.