Pensamento da Novena 05-06-2019

0

Intenção geral: “Que a devoção à Mãe do Perpétuo Socorro, nossa padroeira, seja uma fonte de bênçãos para nós” 

PENSAMENTO 

Estamos na quarta novena desta série, rezando neste santuário “Que a devoção à Mãe do Perpétuo Socorro, nossa padroeira, seja uma fonte de bênçãos para nós”. Uma estrela lembra luz, orientação, indicação, sinalização, guia. Quando Jesus nasceu e os reis magos queriam levar-lhe presentes e não sabiam onde ele estava, foi a estrela guia que, cortando o céu, indicou onde estava a manjedoura com o Menino Jesus. A estrela cruzou o céu, iluminou a escuridão e mostrou a todos onde estava o recém-nascido.

Na testa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro tem uma estrela. Hoje, não existe mais a estrela guia que em Belém cruzou os céus e mostrou onde estava Jesus. Hoje existe Maria. É ela que nos mostra onde está Jesus. É Ela que nos mostra Jesus e orienta a “fazer tudo o que ele nos disser

Na exortação apostólica Evangelii Nuntiandi, sobre a evangelização no mundo contemporâneo, o papa Paulo IV chama Maria de “Estrela da Evangelização”. Disse o Papa: Na manhã de pentecostes, ela presidiu a prece ao iniciar-se a evangelização, sob a ação do Espírito Santo: que seja ela a estrela da evangelização…”

Em nossos momentos de oração, queremos olhar para Nossa Senhora, nossa estrela, para que ela nos mostre o jeito certo de sermos seguidores de Jesus e nos   tornamo-nos seus discípulos missionários.

Mãe do Perpétuo Socorro, rogai por nós!